27 de julho de 2011

Odeio sentir ciúmes de você. Odeio ver você elogiando outra pessoa sem ser eu. Odeio saber que não posso te abraçar agora, e outra pessoa pode. Simplesmente isso.

Nenhum comentário: